Nenhum outro estado do nordeste tem tantas cidades que celebram São João quanto a Bahia. Na terra do arrocha, mais de 400 municípios montam seus arráias para forrozear juntinho, comer um mungunzá e exaltar as tradições nordestinas com a alegria e o acolhimento único do povo baiano.

SALVADOR

Depois de correr atrás dos trios elétricos no Carnaval, todo soteropolitano que gosta de uma festa já começa a contagem regressiva para pular a fogueira no animado São João da capital baiana. Parte das atrações tem como pano de fundo o Pelourinho, que reúne o maior conjunto colonial da América Latina, Patrimônio Cultural da Humanidade.

É no sobe-e-desce de suas ladeiras que os tambores do Olodum e as tradições afro do Ilê-Aiyê cedem espaço para o colorido das bandeirinhas juninas, dos balões e dos vestidos caipiras. Também é ali que o sabor marcante dos acarajés, abarás e moquecas ganha o complemento dos munguzás, das pamonhas e dos pés de moleque no tabuleiro da baiana. Tal qual fogueira de São João, o Terreiro de Jesus se acende embalado por shows com grandes nomes da música nacional.

Alceu Valença, Falamansa e Geraldo Azevedo foram alguns artistas que subiram ao seu palco na última edição. Fora do centro histórico, tem shows no bairro de Paripe e no Parque de Eposições  – um enorme espaço de eventos entre as avenidas Paralela e Dorival Caymmi, no bairro de Itapuã. A programação de 2024 ainda não foi divulgada, mas sempre agrada a todos os gostos com forró, sertanejo e, como não poderia deixar de ser, muito axé e arrocha. Impossível não cair na dança!

* A Azul opera diversas rotas saindo de Salvador com destino aos principais aeroportos do Brasil e da própria Bahia (como Ilhéus, Porto Seguro, Paulo Afonso e Vitória da Conquista).

amargosa

Como chegar: Amargosa fica na região do Vale do Jequiriçá, a 160 km de Salvador pelas rodovias estaduais BA-026 e BA-001 (embora seja mais curto, esse trajeto inclui uma balsa).

Chamada de Cidade Jardim por causa da beleza de suas praças e áreas verdes, Amargosa tem uma das festas de interior mais famosas da Bahia. Neste ano, os festejos têm início com o aniversário da cidade, no dia 19, e prosseguem até 24 de junho, com mais de 35 atrações, divididas em três palcos, para um público estimado em 200 mil pessoas. Matheus e Kauan, Geraldo Azevedo, Lauana Prado, Xand Avião e Flávio José são alguns dos nomes já confirmados. Outro destaque promete ser a cidade cenográfica Vila Nossa Senhora do Bom Conselho de Amargosa, inspirada na literatura de cordel, que convidará os visitantes a serem personagens da história.

candeias

Como chegar: Candeias fica na região do Recôncavo Baiano, a cerca de 50 km de Salvador pela rodovia Eng. Vasco Filho.

Todos os anos, em fevereiro, a festa religiosa de Nossa Senhora de Candeias atrai milhares de visitantes para a sua Fonte Milagrosa e a secular Igreja Matriz. Mas é em junho que a Capital Brasileira do Arrocha revela o seu lado mais festivo. Neste ano, o arraiá será realizado entre os dias 22 e 25 de junho, na Central de Abastecimento, com entrada gratuita. Vários artistas do cenário nacional já passaram pelo seu palco. Além dos shows, há barracas de comidas típicas, quadrilhas juninas, concurso para eleger a rua mais bem decorada e o Arraial do Aconchego, espaço que abriga apresentações de grupos folclóricos, forró pé de serra e muita animação.

cruz das almas

Como chegar: Cruz das Almas está situada no Recôncavo Sul da Bahia, a cerca de 150 km de Salvador pela BR-101 e BR-324.

Por quase 150 anos, Cruz das Almas foi conhecida na Bahia por uma tradição explosiva que mantinha durante os festejos de São João: a Guerra de Espadas, quando seus moradores tomavam as ruas atirando busca-pés e artefatos de bambu que soltam fagulhas. Para evitar acidentes, a brincadeira foi proibida em 2011, mas o município não perdeu a fama de ter um dos arraiais mais diferenciados do Nordeste. No lugar da pirotecnia, a prefeitura investiu em camarotes, segurança e grandes estrelas da música. Neste ano, a festa acontecerá de 20 a 24 de junho com shows de Wesley Safadão, Zé Neto e Cristiano, Calcinha Preta, Alcymar Monteiro, João Gomes e muito mais.

ibicuí

Como chegar: Ibicuí fica no Sul da Bahia, a cerca de 400 km de Salvador, pela BA-001, e a 140 km do aeroporto de Vitória da Conquista.

Na Bahia, Ibicuí é conhecida como a Terra do Forró. Não bastasse esse atributo, a cidade ainda é privilegiada por um clima ameno, com um friozinho perfeito para tomar quentão ou licor de jenipapo e pular a fogueira durante as festividades de São João na Praça Régis Pacheco, onde diversos artistas, regionais e nacionais, se apresentam. Também há eventos privados, como o tradicional TiComia, o Brega Light, o I Love Ibicuí e o all inclusive Forrozão Filhos de Ibicuí. Resultado: a cidade recebe em junho mais de 60 mil visitantes, número quatro vezes maior que a sua população.  Fora o São João, a principal atração turística é o clube Recreativo  Balneário dos Oliveiras.

lençois

Como chegar: Lençóis está na região da Chapada Diamantina, a 418 km de Salvador pelas rodovias Eng. Vasco Filho e BR-242. Também é possível chegar lá de avião. O aeroporto fica a apenas 25 km do centro da cidade.

Porta de entrada para as belezas da Chapada Diamantina, Lençóis tem os melhores restaurantes, hotéis e agências de turismo da região para receber os turistas que visitam o parque nacional. Mas a cidade guarda outro tesouro que vai além das riquezas naturais do entorno: o seu conjunto de casas do século 19, tombado pelo Iphan em 1973 – uma herança da época em que a cidade foi a maior produtora mundial de diamantes. Durante o São João, esse belo casario vira cenário para uma grande festa. Suas charmosas ruas de paralelepípedos são tomadas por bandeirolas, barracas de comidas típicas, músicos de renome e muito forró pé de serra. Destaque para a Vila Junina e a Cavalgada Tanquinho-Lençóis.

* A Azul realiza três voos semanais entre Lençóis e o aeroporto de Confins (MG), onde é possível fazer conexões para diversos destinos.

mucugê

Como chegar: Mucugê fica na região da Chapada Diamantina, a 126 km do aeroporto de Lençóis e a 450 km da capital baiana pela BA-245.

Pequenina, Mucugê tem apenas duas avenidas centrais, e uma é continuação da outra. Seu preservado centro histórico vale um passeio a pé e serve de ponto de partida para outras atrações imperdíveis, como a sede do projeto Sempre-Viva e o curioso Cemitério Bizantino, além de várias trilhas e cachoeiras com poços para banho. O São João é a festa mais esperada da cidade. Em alguns dias, a música começa às 6h da manhã, quando a filarmônica percorre as ruas seguida por uma queima de fogos. À tarde, brincadeiras, quadrilhas e comidinhas entretêm os visitantes. E à noite, trios de sanfona, zabumba e triângulo fazem todo mundo arrastar o pé na Praça dos Garimpeiros.

serrinha

Como chegar:Serrinha fica no nordeste baiano, a cerca de 180 km de Salvador, com acesso pela BR-116.

Multicultural, Serrinha arruma sempre um bom motivo para festejar e exaltar sua fé: tem Procissão do Fogaréu na Semana Santa, Festa da Padroeira em julho, vaquejada, evento gospel, semana espírita e encontro de motociclistas. Mas é no São João que o espírito festivo da cidade atinge sua apoteose em cinco dias de muita música, brincadeira e dança. Neste ano, esse arraiá arretado de bom se estenderá de 21 a 25 de junho ao som de Tarcísio do Acordeon e da banda local Toque Dez, entre outras atrações. De quebra, aproveite a estada na região para conhecer suas grutas, museus especializados e o centro cultural de Araci.

senhor do bonfim

Como chegar: Senhor do Bonfim fica no Norte da Bahia, a 384 km de Salvador pelas rodovias BR-407 e BR-324.

O título de Capital Baiana do Forró e a forte tradição das festas juninas fazem o São João de Senhor do Bonfim estrelar entre os mais populares da Bahia. A explosiva Guerra de Espadas com fagulhas e busca-pés foi proibida em 2017, mas o costume do seu povo de acender fogueiras em frente às suas residências permanece, alumiando as alumiando as noites e conferindo um charme todo especial aos festejos da cidade, que atrai cerca de 80 mil visitantes em junho. Trios de forró pé de serra e desfiles de quadrilhas também esquentam as ruas, sempre decoradas com motivos nordestinos e a onipresente figura de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião.

SANTO ANTÔNIO DE JESUS

Como chegar: Santo Antônio de Jesus fica a 193 km de Salvador pelas vias BR-101 e BR-324.

Considerada a Capital do Recôncavo Baiano devido à sua importância como maior polo comercial e industrial da região, a cidade de Santo Antônio de Jesus tem feira livre de segunda a sábado, patrimônios tombados, lindas praças e noites boêmias em seus restaurantes e barzinhos com shows ao vivo. Neste ano, o São João acontece entre os dias 20 e 24 de junho e já conta com Wesley Safadão, Xand Avião, Dorgival Dantas e a dupla sertaneja Maiara e Maraísa entre as atrações confirmadas. A expectativa é de que o município reúna cerca de 100 mil pessoas – mesma quantidade da população – em cada noite de festejo.

vitória da conquista

Como chegar: Vitória da Conquista fica no interior da Bahia, a 519 km de Salvador pela BR-116, mas também é possível chegar de avião.

Terceiro maior município da Bahia, com 370 mil habitantes, Vitória da Conquista tem aeroporto próprio, belos monumentos, museus, praças, shoppings, a Reserva Florestal Poço Escuro e até um jardim projetado por Burle Marx. Apelidada de Suíça Baiana, tem uma das temperaturas mais frias de todo o Nordeste, ambiente ideal para dançar e tomar um quentão aquecido pelas fogueiras de São João. A expectativa é de que o Arraiá da Conquista 2024 seja o maior de todos os tempos, com cinco dias de duração e diversas atrações espalhadas por três polos: Centro Cultural Glauber Rocha, a Vila Junina da Praça 9 de Novembro e um novo espaço na Lagoa das Bateias. Frank Aguiar já confirmou presença.

* A Azul opera voos regulares diretos entre Vitória da Conquista e os aeroportos de Salvador e Confins (MG), onde é possível conectar-se a diversos destinos do Brasil e do mundo.