O sertão paraibano transborda alegria e tradição durante suas festas de São João. Do interior às belas praias e construções históricas de sua capital, João Pessoa, onde o Sol nasce primeiro nas Américas, passando por Patos e pelo mundialmente conhecido arraiá de Campina Grande, o clima de diversão é sempre contagiante.

joão pessoa

A localização privilegiada da Paraíba coloca sua capital, João Pessoa, no ponto mais oriental de todo o continente americano. Isso quer dizer que o sol aqui nasce mais cedo, com garantia de céu limpo praticamente o ano inteiro. A cidade, conhecida carinhosamente como Jampa, também é considerada a mais arborizada da América do Sul, e a terceira cidade mais antiga do Brasil, fundada em 1585. Por conta disso, reúne pontos interessantes em seu Centro Histórico. Ali, está um dos mais importantes complexos barrocos do país. Ele é formado pela Igreja de São Francisco e pelo Convento de Santo Antônio, além de algumas capelas e do claustro. O conjunto do século 16 emociona com os acabamentos em talha de madeira recobertas de ouro e cantarias de pedra com motivos portugueses e orientais.

 Além da Igreja de São Francisco, vale passar pela Praça Antenor Navarro (com casario colorido do início do século 20), pelo Hotel Globo (de 1928 e atual centro de informações turísticas), pelo Mosteiro de São Bento (em estilo barroco beneditino do século 17) e pela Igreja de Nossa Senhora do Carmo (de 1592). Na capital paraibana, o futurista complexo desenhado por Oscar Niemeyer abriga um centro cultural com exposições de ciência, arte e cultura. A programação do São João em João Pessoa está prevista começar em junho e se estender por todo o mês de julho. Não tem a magnitude de Campina Grande, mas vai animar os visitantes com shows, quadrilhas juninas e barracas de culinária local.

campina grande

Como chegar: Campina Grande está na região do agreste paraibano. Tem seu próprio aeroporto e fica a 126 km de carro da capital João Pessoa via BR-230.

Todo paraibano que se preza, bate a mão no peito e diz com orgulho: “É aqui o maior São João do mundo”. E não é para menos. Campina Grande coleciona uma porção de recordes que fazem jus à fama. Para começar, tem a maior quadrilha do Brasil, com mais de 2 mil dançarinos.  A programação de shows também impressiona. Só neste ano, cerca de cem artistas se revezarão no palco principal do Parque do Povo ao longo de 33 dias de festa (de 29 de maio a 30 de junho), incluindo nomes como Gusttavo Lima, Alcymar Monteiro, Flávio José, Roberta Miranda, Santanna, Amazan e Ton Oliveira. A cidade cenográfica, com réplicas de prédios históricos, conta um pouco do passado do município, que iniciou suas festividades juninas em 1983, sob uma palhoça improvisada.

Hoje, o arrasta-pé campinense virou um megaevento que atrai 2,5 milhões de visitantes, todos ávidos por conferir as inúmeras atrações, entre trios de forró pé de serra, quadrilhas trajadas a caráter, fogueira gigante e muitas comidas típicas.


Tem até casórios! Alguns, de mentirinha, ganham o tom cômico de noivos que fogem e padres que celebram a cerimônia sob o alvo de espingardas. Mas também há matrimônios coletivos com registro civil e muita festa sob as bênçãos do casamenteiro Santo Antônio.

* A Azul opera, em média, cinco voos diretos por dia entre Campina Grande e outros seis destinos brasileiros (Belo Horizonte, Fortaleza, Rio de Janeiro, Salvador, Maceió e Recife).

patos

Como chegar: Patos é a principal cidade do Sertão da Paraíba e está a 309 km de João Pessoa via BR-230.

Capital do Sertão da Paraíba, Patos vê sua população duplicar durante os festejos juninos, que serão realizados entre os dias 19 e 23 com uma contagiante mistura de estilos musicais. As atrações se concentram no Terreiro do Forró, que servirá de palco para 17 shows, incluindo o axé de Bell Marques; o forró pop de Nattan e Felipe Amorim; o sertanejo de Gusttavo Lima e Simone Mendes; o forró eletrônico de Xand Avião e os sucessos do trio À Vontade. Impossível não cair na dança!

* A Azul opera voos diários entre Patos e Recife, onde os passageiros podem se conectar com toda a malha nacional e internacional da companhia.