O lugar onde a história do Brasil começou diz muito sobre a natureza e as raízes culturais do nosso povo. Além de reservas indígenas, monumentos centenários e belissímas praias de mar azul-esverdeado escoltado por recifes, falésias e coqueiros a perder de vistas, Porto Seguro parece estar sempre em festa.

porto seguro

Como chegar: Porto Seguro é a principal cidade da Costa do Descobrimento, no sul da Bahia. Tem aeroporto próprio e fica a 518 km da capital Salvador, via BR-116.

Faça chuva ou sol, toque axé ou qualquer outro ritmo, todo mundo sempre cai na dança embalado pelo som das megabarracas pé na areia que agitam Porto Seguro. Porém, o lugar onde a história do Brasil começou, reserva pontos turísticos que valem a pena ser visitados antes de ir correndo para a praia. Ir o centro histórico da Cidade Alta, que guarda o Marco Padrão da Posse portuguesa, de 1503, em meio a rodas de capoeira e aroma de acarajé, por exemplo, é um passeio quase obrigatório, assim como conferir o estilo de vida dos índios Pataxó na Reserva da Jaqueira e fazer uma selfie em frente à réplica da Nau Capitânia da esquadra de Cabral no Memorial da Epopeia do Descobrimento.

Não bastassem tantos atributos históricos e culturais, a região ainda é abençoada por uma natureza exuberante, com extensas áreas cobertas de mata nativa e belíssimas praias de mar azul-esverdeado, escoltadas por recifes, falésias e coqueiros a perder de vista. Talvez por isso, a Terra Mãe do Brasil pareça estar sempre em festa. 

Seja dia ou noite, todo mundo sempre cai na dança embalado pelo som das megabarracas pé na areia. Toda essa animação contagiante, claro, se reflete no São João, que atrai milhares de pessoas. Luan Santana e Eduardo Costa são as primeiras atrações já confirmadas. Eles se apresentarão nos dias 22 e 23 de junho, respectivamente, na revitalizada Passarela da Cultura – popularmente conhecida como Passarela do Descobrimento. O clima de festa também reverbera nos distritos de Porto Seguro. No ano passado, teve casório coletivo e vários shows no charmoso centrinho de Arraial d’Ajuda, que se estende pela vibrante Rua do Mucugê; quermesse no Vale Verde; e até quadrilha Pataxó sob bandeirolas de chita na recôndita Caraíva.


Já na rústica-chique Trancoso, a troca de mastro, que ergue a bandeira de São João, marca o arraiá no famoso Quadrado, com direito a fogueira, quadrilha e muito forró. No dia 29, os moradores ainda homenageiam São Pedro na Praia dos Coqueiros, com uma celebração singela, mas cheia de simbolismo e agradecimento ao santo protetor dos pescadores. Seja qual for o seu canto escolhido para pular a fogueira, uma coisa é certa: você sempre encontrará barracas de especialidades regionais para saborear um autêntico mungunzá, o amendoim cozido e o tradicional quentão baiano, feito com licor de jenipapo. A programação completa de shows ainda será divulgada, mas Porto Seguro garante que não faltará diversão. Alguém duvida?

* A Azul tem vários voos diários que conectam Porto Seguro aos principais aeroportos do país, como os de Campinas (SP) e Confins (MG).