Quem troca as tradições do interior pelo agito da capital pernambucana é surpreendido por uma programação eclética e muito divertida. No "alavantú, anarriê" do Recife Junino, não faltam forró, xote, baião, coco, ciranda e muito balance, com tudo que um arraial que se preze tem direito: quadrilha, sanfoneiro, arrasta-pé e alegria pra todo lado.

recife

Como chegar: O aeroporto Internacional Recife-Guararapes / Gilberto Freyre é um dos mais movimentados do Brasil, servindo como porta de entrada.

Bandeirolas coloridas, balões de chão e o inebriante aroma de quentão misturado com pamonha se espalham por todos os cantos da cidade. 

Em 2023, foram mais de 800 atrações, incluindo nomes que são sinônimo de festa animada, feito Alceu Valença, Elba Ramalho, Anastácia e Santanna. 

Uma tradição também ganha as ruas do Recife Antigo todos os anos: o Desfile das Bandeiras, que acontece junto com a Caminhada do Forró, arrastando o povo da Rua da Moeda até a Praça do Arsenal.

 Já no Sítio Trindade, a ordem é “ralar o bucho” nos shows de forró, além de curtir e torcer no tradicional concurso de quadrilhas, quando dezenas de grupos desfilam suas cores e enredos no palhoção, garantindo muitos decibéis de emoção e beleza. Para completar, tem dança infantil, festival de comidinhas típicas, cidade cenográfica e procissões para os santos juninos em vários bairros. Impossível não se render ao arrasta-pé.

* Recife é um dos mais importantes centros de conexões da Azul no país, com voos para diversas cidades do Brasil e do exterior.

arcoverde

Como chegar: a cidade fica a 256 km de Recife, a 125 km de Caruaru e a 150 km de Bezerros.

Conhecida como a Terra do Coco de Roda e localizada à porta do Sertão pernambucano, a Arcoverde inicia seus festejos em junho, com as homenagens a Santo Antônio, São João e São Pedro, e só termina em julho, com o tributo a Sant’Ana, mãe de Maria. A festividade traz visibilidade e reconhecimento para artistas locais e regionais. Também tem vila cenográfica com bandas de pífanos, grupos de pernas de pau, quadrilhas e a Caminhada do Forró, que arrasta muita gente pelas ruas. Em 2024, serão 11 polos espalhados pela cidade.

bezerros

Como chegar: Bezerros fica a apenas 30 km de distância de Caruaru e a 105 km do Recife.

Pertinho de Caruaru, Bezerros é um destino de muita alegria e forró, principalmente no povoado da Serra Negra, que fica a 9 km do centro da cidade. Ali, o São João Cultural é uma festa diferenciada: começa ao meio-dia e se estende noite adentro com expressões da cultura popular e atrações musicais, levando todos à felicidade plena. O cenário é maravilhoso e a temperatura costuma ser bem agradável na região, também famosa por seus papangus e xilogravuras.

gravatá

Como chegar: Distante 20 km de Bezerros, Gravatá está a 85 km do Recife.

Com temperatura amena, moda de qualidade, vários restaurantes especializados em gastronomia regional e fondue, um expressivo polo moveleiro e uma irresistível produção de queijos e garras sertanejas (biscoitinhos), Gravatá ainda surpreende os visitantes durante os festejos juninos com sua decoração caprichada, shows artísticos e folclóricos. Isso sem falar dos diversos hotéis da região, que se preparam para o período com uma intensa programação particular. Neste ano, a chamada Suíça Pernambucana promete realizar um São João histórico, consolidando-se como um dos maiores destinos juninos do estado. A programação começa já no dia 25 de maio, com a abertura do Tardes no Polo. Em seguida, nos dias 27 a 31 de maio, tem o arraial itinerante São João da Gente, que percorrerá os principais bairros levando muita dança e alegria a todos os cantos de Gravatá. 

Para completar a agenda de eventos, entre os dias 1º e 29 de junho, o município promove o Arraial da Felicidade, que também se espalhará por diversos polos da zona rural e do centro, com apresentações de quadrilhas, shows, arrastão junino, inúmeras barracas de comidinhas da roça, brincadeiras e muitas outras atrações para pessoas de todas as idades.

serra talhada

Como chegar: No interior do Estado, Serra Talhada fica a 415 km de Recife e a 158 km de Arcoverde

Terra de Lampião e Capital do Xaxado, a cidade de Serra Telhada, a 415 km de Recife, é um dos grandes memoriais da história do cangaço e da vida do sertanejo. O resultado não poderia ser outro: muita fogueira, música, comida farta e tradição para comemorar os santos juninos com toda a devoção e alegria que eles merecem. Durante as festividades, são instalados polos de animação na Estação do Forró e polos descentralizados nas áreas rurais, espalhando o clima de festa por toda parte.

* Serra Talhada tem dois voos diários da Azul para Recife, um dos principais centros de conexão da companhia no Brasil.

bonito

Como chegar: Bonito fica a apenas 33 km de Bezerros, 56 km de Gravatá e a 135 km do Recife.

No dia de São Pedro (29 de junho), Bonito acorda com estrondosos tiros. Mais de 400 bacamarteiros vão à cidade prestigiar a festa, sempre cheios de orgulho e satisfação por saberem que suas tradições do forró pé de serra e do tiro do bacamarte estão presentes até os dias de hoje. Além dos festejos juninos, o município encanta os visitantes com suas cachoeiras, trilhas e belas paisagens que podem ser contempladas lá de cima, em um inesquecível voo de balão.